domingo, 23 de junho de 2013

EXEMPLO PARA PAIS EXTREMISTAS

Meus amigos/as, este trecho que vou colocar a seguir é verídico, e ouvi na rádio BBN, FM - 92,3 - é uma rádio abençoada e tem louvor e pregações o dia todo, sem intervalos comerciais, é mantida por doações dos ouvintes, Glórias a Deus por isto, o site para ouvir cursos é BBN bi, em português, segue o triste testemunho:

Certo homem, que após trabalhar muito, conseguiu comprar um carro zero quilometro, e estava muito orgulhoso por ter conquistado essa (bênção),  ele ia volta e meia na garagem, abria e ficava admirando o veículo, falava seguido com as pessoas sobre o quanto aquele carro era bom, enfim, estava realmente idolatrando o carro.

Passado alguns dias, o seu filho pequeno de apenas 4 anos de idade, entrou na garagem, com uma tampinha de refrigerante nas mãos, e com a inocência de uma criança desta idade, começou a passar a tampinha na lataria do tão amado carro, aquele ato, fez o carro ficar totalmente riscado nas duas laterais, e antes que o filho dele saísse da garagem, o homem chegou, acendeu a luz da garagem, viu o estrago que o inocente filho tinha feito, e começou a bater na mãozinha dele, e bateu, e bateu, bateu tanto que a raiva passou, mas, quando olhou realmente para a mão do menino, viu que estava quase que esmigalhada, de tanto apanhar, então o homem ficou apavorado, levou imediatamente seu filhinho ao hospital mais próximo, e os médicos, ficaram até assustados, pelo tamanho do estrago que aquele homem havia feito.

Então, após algumas horas de espera, um dos médicos, veio ter com o homem, e lhe deu a terrível notícia de que a mão do seu filho teria que ser amputada, realmente eles não conseguiriam salvar aquela mão.

Após os procedimentos cirúrgicos, o filho foi para o quarto, imediatamente o homem, com lágrimas nos olhos foi vê-lo, e o menino, um tanto assustado, disse, Papai, agora que o senhor tirou minha mão eu não vou mais riscar o seu carro.

Essa história, como eu disse, realmente aconteceu, mas o locutor da rádio, não falou o nome nem o local onde aconteceu essa barbaridade, vejam até que ponto o homem chega, pelo amor ao dinheiro, que Deus tenha piedade e misericórdia desse homem, em nome de Jesus, e que ele se arrependa e peça perdão ao seu filho e a Deus.
Vamos refletir, quando nossos filhos fizerem algo de errado, para que não chegue a esse ponto.
Que Deus abençoe a todos, em nome de Jesus.